BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Pronatec Acabou?

Pronatec acabou ou nao? Explicamos a verdade por tras dessa historia

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, mais conhecido como Pronatec, é um dos principais incentivadores e facilitadores da educação profissionalizante de nível técnico.

Criado em 2011 pelo Governo Federal, o Pronatec tem como objetivo oferecer oportunidades de ensino para pessoas de baixa renda. Elas poderão realizar cursos técnicos de maneira gratuita em instituições de ensino da rede Federal de Educação Científica e Tecnológica, e também nas redes Estaduais e Municipais de educação de todo o país.

Pronatec acabou? Entenda aqui!

O Pronatec foi criado em 2011 com o objetivo de dar acesso à educação profissional a pessoas que não tem condições financeiras. Em 4 anos de existência ele beneficiou mais de 8 milhões de brasileiros.

pronatec acabou

Mas o Pronatec deixou de existir. Uma nova iniciativa foi criada para substituir o Pronatec conhecido como Médiotec.

O Ministério da Educação anunciou que a dívida de mais de R$850 milhões será paga e que novas vagas gratuitas irão abrir.

Por conta da grande dívida, o programa vai cortar vários recursos, influenciando diretamente na quantidade de vagas disponibilizadas.

A meta do governo é abrir 5 milhões de novas vagas para até 2019. Os antigos beneficiários do Pronatec podem optar pelo Programa Educa mais Brasil. Ele oferece bolsas de estudos de até 70%.

Médiotec

É uma iniciativa do governo para reformular a educação no Brasil, e o MedioTec é realizado em parceria com o Pronatec, sendo uma modificação do mesmo. O MedioTec surgiu na Medida Provisória 746/2016, que pretende modificar e reformar o ensino no país. Essas mudanças serão exclusivas para os jovens estudantes do ensino médio brasileiro, a partir de 2018, mesmo que algumas regiões do país já comecem a receber as mudanças a partir de julho de 2017.

Porém ao contrário do Pronatec o MedioTec deve ser cursado juntamente com o ensino médio, que agora vai oferecer cursos técnicos para estudantes do ensino médio, nas mais diversas áreas do conhecimento profissional.

mediotec

O estudante que participar terá o diploma no ensino médio e também o do curso técnico em conjunto. A principal intenção da reforma do ensino médio é que o estudante estude em período integral, 8 horas por dia. Os cursos terão carga horária total de 800 horas.

O MedioTec foi pensado junto com a nova reforma do ensino médio, e o Governo Federal vai repassar cerca de R$800 milhões para o programa, para que sejam implantadas as mudanças e abertas 82 mil vagas inicialmente por todo o país. O número de vagas deverá aumentar no futuro.

Mediotec Aprendiz

É uma parceria da Secretaria da Micro e Pequena Empresa SMPE, Desenvolvimento Social, os ministérios da educação e Trabalho e emprego, e o programa tem o objetivo de oferecer curso técnico aos jovens para inseri-los no mercado de trabalho.

São contemplados jovens de 14 aos 24 anos de idade, dando prioridade para os que tem baixa renda, assim evitando a criminalidade.

A jornada de trabalho é de 4 horas a 6 horas diárias, e os aprendizes devem fazer um curso com carga horaria de 400 horas totais, dividido em 2 anos de estudo.

Cerca de 5 Milhões de jovens brasileiros participaram do Pronatec, e por lei as grandes empresas devem empregar de 5% a 15% de aprendizes, entre estes os alunos do MediotecAprendiz. As empresas que encaminham aos jovens para o primeiro emprego são: Sebrae, Senai, Senac, Senar e Senat.

Bom pessoal, esperamos que tenham gostado das informações e que consigam fazer o mediotec com sucesso. Ja falamos aqui tambem sobre a upf intranet, espero que gostem.

Até a próxima!

 

Recomendados para você:


Seja um visitante premium, receba nossas novidades no email:

Digite seu email :

Delivered by FeedBurner

Sobre Almy Fróes

Almy Fróes é Analista de TI, problogger e entusiastas de novas tecnologias, além do Comofazer.etc.br escreve no Guia dos solteiros & mestre dos sites

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *