BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Anfepramona: emagrece mesmo? Quais os perigos desse remédio para emagrecer?

Conheça tudo sobre a anfepramona, um remédio para emagrecer que tem feito enorme sucesso, mas que tem seus riscos para nossa saúde, clique e confira

Na ânsia de perder peso, hoje em dia as pessoas tem consumido todo tipo de remédio para emagrecer, sem nem se atentar aos efeitos colaterais. Isso acaba trazendo vários prejuízos para a saúde da pessoa. Vemos a todo instante notícias de pessoas que tomaram determinados medicamentos e acabaram no hospital com problemas nos rins, fígado e até coração. Por isso, hoje iremos falar sobre os perigos de um remédio famoso e que tem virado febre, principalmente entre as mulheres, a anfepramona. Vamos explicar do que se trata e os perigos associados ao seu uso. Confira com a gente.

O que é a anfepramona

anfepramona

Anfepramona é o nome comercial do composto Cloridato de anfepramona ou dietilpropiona. Ela tem sido usada por pessoas que querem emagrecer, mas é uma substância que está atualmente proibida no Brasil pela Anvisa, junto a outros inibidores de apetite.

dietilpropiona (anfepramona) era comercializada com os nomes de Dualid S, Hipofagin S e Inibex S. Sua atuação se dá inibindo o apetite do paciente ao agir sobre o sistema nervoso central. A dietilpropiona tem efeito psicoestimulante e potencial para causar dependência.

Anfepramona faz emagrecer mesmo?

Sim, o remédio realmente faz emagrecer. Porém era utilizado pelos médicos apenas em último caso devido a sua natureza de causar dependência nos pacientes. Ela só era preescrita em casos onde o paciente não era elegível a uma cirurgia bariátrica ou outros tratamentos mais agressivos. Com a proibição pela anvisa, hoje os médicos acabam adotando o tratamento com remédios como a bupropriona.

Riscos para a saúde

A anfepramona tem vários efeitos colaterais que podem ser extremamente maléficos e agressivos para saúde. Por isso que só deve ser tomada exclusivamente com indicação médica.

Anfepramona pode apresentar os seguintes efeitos colaterais:
* Insônia.
* Hipertensão pulmonar.
* Derrame.
* Psicose.
* Taquicardia, hipertensão, arritmia e dor no peito.
* Gosto de metal (xerostomia).
* Alterações no libido, ginecomastia e irregularidade menstrual.
* Visão turva.
* Vômito, náusea, constipação e cólicas abdominais.
* Leucopenia.
* Tremores, euforia, agitação, nervosismo, ansiedade, dor de cabeça, depressão e convulsões.
* Alopecia, equimose e manchas na pele.
* Impotência sexual.

Contra indicações

Existem várias, como por exemplo:

  • Pessoas com caso de Hipertensão moderada
  • Arteriosclerose
  • Mulheres que estão amamentando crianças
  • Hipersensibilidade a aminos simpatomiméticos.

Conclusão

Bom caros leitores e leitoras, espero que tenham gostados de nossas super informações sobre esse remédio que é anfepramona. Voltamos a avisar que todo remédio só pode ser ingerido mediante a autorização e indicação do seu médico ok?

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários!


Seja um visitante premium, receba nossas novidades no email:

Digite seu email :

Delivered by FeedBurner

Sobre Almy Fróes

Almy Fróes é Analista de TI, problogger e entusiastas de novas tecnologias, além do Comofazer.etc.br escreve no Guia dos solteiros & mestre dos sites

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *