BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Roupa de bebê: saiba quais são os melhores tecidos para a sua criança

Compartilhe:

A ansiedade para montar o enxoval do bebê que está a caminho é parte natural do processo de garantir tudo o que ele vai precisar nos seus primeiros meses de vida. Porém, muitas vezes as mães e os pais acabam comprando itens em excesso ou mesmo investindo em peças que são lindas, mas não adequadas. E quando falamos em roupas de bebês recém-nascidos, o tecido faz toda a diferença na saúde e conforto do seu pequeno.

Claro que unir estilo, praticidade e beleza é importante, mas a comodidade e a segurança devem sempre vir em primeiro lugar. Peças curinga e de uso diários como os bodies infantis devem sempre serem escolhidas para serem funcionais e seguras. Então, se você quer montar o enxoval perfeito, confira essas dicas para não errar!

 

Escolhendo o melhor material das roupas para bebês

roupas para bebe

Os bebês possuem a pele mais sensível e mais delicada que a pele dos adultos. Em função disso, é necessário que eles sejam vestidos com roupinhas feitas de tecidos adequados, além de uma costura que não machuque. Além disso, os recém-nascidos estão mais expostos a substâncias que poderiam prejudicá-los, o que pode causar alergias e outras doenças. Há ainda o fato de que os bebês perdem facilmente sua temperatura corporal, e é preciso deixá-los sempre protegidos na medida certa.

 

Com todos esses fatores, é preciso ter alguns cuidados essenciais na hora de comprar as roupinhas. Em primeiro lugar, você sabe qual é o melhor tipo de tecido para recém-nascido? De acordo com os especialistas no assunto, os tecidos naturais são os indicados na hora de montar o look do bebê. Assim, materiais como 100% algodão são ideais no conforto e reduzem o risco de alergias ou erupções na pele, além de ajudar a transpirar bem e a manter a temperatura corporal. O algodão ainda é mais suave e garante a lavagem é mais fácil. 

 

Já tecidos como a seda, o nylon ou a lycra devem ser evitados na moda infantil porque os materiais sintéticos podem causar alergias e outras doenças no bebê, além de prejudicarem a mobilidade natural, em muitos casos – ao contrário das roupas de algodão, com as quais o bebê pode se mexer o quanto quiser, evitando riscos de machucados ou assaduras.

 

E se você tiver dificuldades em encontrar peças 100% algodão, pode optar pelas versões mistas. Versões em 80% de algodão e 20% de poliéster são muito comuns e uma excelente escolha! As maiores vantagens desse material é que eles garantem a secagem mais rápida das peças e evitam que elas amassem. Só fique atenta em épocas muito quentes do ano porque esse tipo de tecido tem a desvantagem de esquentar muito em altas temperaturas.

 

A combinação de algodão e elastano também é um tecido misto super adequado para enxoval de bebê.  Roupas fabricadas nesse material costumam ser bastante flexíveis e confortáveis, facilitando os movimentos do bebê. Em função da sua elasticidade, as peças não incomodam com apertos, já que se moldam ao formato do corpo do bebê.

 

Agora que você já sabe mais sobre os melhores tecidos para o seu bebê, tenha em mente que se tiver alguma dúvida na hora de decidir por uma peça ou outra, por não ter certeza sobre a composição do tecido, não deixe de examinar detalhadamente as etiquetas com atenção. 

 

Esteja atenta também aos elementos que fazem parte das roupas, como botões, laços ou presilhas, pois eles podem deixar as peças mais bonitas, mas trazer riscos para as crianças pequenas. Por isso, é melhor evitar roupas com esses acessórios para bebês novinhos para não colocá-los em risco.

 

Recomendados para você:


Seja um visitante premium, receba nossas novidades no email:

Digite seu email :

Delivered by FeedBurner

Sobre Analice

Analice Gomes é redatora, blogueira e estudante de moda. Adora ler e viajar e vive compartilhando dicas e toques legais com vocês aqui no Comofazer.etc.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *